domingo, 29 de setembro de 2013

8 Bugigangas de Alta Tecnologia

   Este post é dedicado aos "Nerds" que inventam tecnologias que podem ser até excêntricas hoje, mas que logo serão uma realidade nos campings e trilhas tupiniquins.


Sawyer Squeeze Water Filter System Água limpa com a facilidade de apenas encher o frasco flexível e espremer a água através do filtro. Vem com 3 frascos e é ultra leve e compacto quando vazio.

Petzl E+LITE® Ultra-compact emergency headlamp Esta lanterna de cabeça ultra compacta e leve, pesa apenas 27g, mas nem por isso faz feio. Sua bateria de Lítio (CR2032) em forma de botão é do tamanho de um botão de calça jeans, mas produz um facho de luz de 26 lumens e dura 30 horas. Ideal para se ter no porta luvas do carro, pois pode ser armazenada por até 10 anos com a pilha dentro. Ainda por cima é à prova d'água em até 1m.

CamelBak All Clear Bottle Encha o recipiente com água de origem duvidosa. Acenda a luz Ultra Violeta na tampa e agite por 60 segundos para ter água esterilizada. Utilize uma porta USB para carregar a bateria que suporta 80 "esterilizadas". Ideal se combinado como "Squeeze Water Filter" para filtrar antes de esterilizar.

Handspresso Wild Hybrid Esse foi o mais surpreendente que encontrei. É uma maquina de café expresso portátil. Basta bombear um êmbolo no cabo ate que o manômetro indique a pressão correta, Adicione água quente e o "sachet" de café, capuccino, chocolate e etc, segure sobre o copo e aperte o botão para liberar o ar com pressão. 

BioLite Campstove with Portable Grill Por incrível que pareça, isto abaixo é um fogão portátil com grill para acampamentos. Tem uma capacidade térmica bem alta, pois esta parte cor de laranja tem um ventilador para "avivar" o fogo. O mais peculiar deste equipamento é a fonte de energia elétrica para o ventilador: O próprio fogo! Ele utiliza um sistema que converte a diferença de temperatura entre dois lados de uma placa em energia elétrica. Exatamente o oposto, mas utilizando o mesmo princípio das geladeiras termo elétricas, utiliza o efeito "Peltier". Tem ainda uma saída USB para carregar algum dispositivo como um Smartphone ou lanterna.

Meet Earl Survival Tablet Este tablet de sobrevivência é incrível. GPS, Sensor Climático, Barômetro, Termômetro, Bússola, Rádio AM/FM/OC/OL, Carregador Solar, Bluetooth 4.0, Rádio "Walkie-Talkie" intercomunicador para até 20 milhas, Sistema Operacional Android 4.1 a ainda utiliza uma tela do tipo "e-ink" para uma longa autonomia da bateria. Pode se conectar a monitores cardíacos para registrar o percurso juntamente com o seu coração e ainda roda vários aplicativos do Android. Ahhh ainda é à prova d'água, podendo ser imerso até 1m.

Heimplanet Tent Esta barraca cabe em uma bolsa pequena e NÃO usa varetas. É sustentada por tubos infláveis em configuração diamante. Pode ser montada em cerca de 2 minutos. Este modelo para 2/3 pessoas pesa cerca de 5.2Kg. 

Victorinox Expedition Kit Uma Multi Ferramenta que cabe no bolso, combinando 41 funções incluindo: Relógio com alarme digital, Altímetro, Barômetro, Termômetro e lanterna LED.
   Cada um dos leitores tem necessidades e diferentes aplicações, mas imagino que vários destes itens são pelo menos uma curiosidade interessante.

Deixem seus comentários.

Walgran e família.

sábado, 21 de setembro de 2013

Mobiliário Campista

   Além das barracas, precisamos de algum tipo de mobiliário para termos conforto num acampamento. Acredito que os sacos de dormir são os equivalentes de nossas camas, então considero-os mobiliário também. Assim, mesmo os acampamentos mais selvagens têm algum tipo de imobiliário.
   Cama, sofá, mesa, cadeiras, fogão, geladeira e armários têm os seus correspondentes campistas. Este post tem algumas de minhas sugestões.
   O primeiro "móvel" que gostaria de comentar é a cama. Cada campista tem a sua preferência para dormir e acho que é o item que possui a maior variedade. Muitos utilizam colchões infláveis com um edredom ou cobertor, outros utilizam sacos de dormir.

   Eu utilizo um híbrido que combina um colchão e isolante térmico com um saco de dormir. Muito confortável para temperaturas até 10 graus ou mais frio, se você dormir com um moletom e uma blusa. Ele também pode ser utilizado sobre um colchão inflável normal para um conforto maior. Quase como dormir em casa.

   Link do produto: Quechua Slipin'bed 15
   O Quechua Sleep'in bed 15 tem um colchão auto inflável que também é um isolante térmico. É como um colchão inflável feito de tecido de poliester e com "recheio" de espuma comum. Seu uso é bem simples: basta abrir a válvula que o ar começa a entrar sozinho. Isso mesmo, a espuma interna começa a se expandir e puxar o ar pra dentro. Normalmente ele não se infla totalmente sozinho, mas nada que umas duas sopradas antes de fechar a válvula não sejam suficientes. Para agilizar pode se abrir a válvula e deixar o colchão se inflando enquanto você arruma outras coisas no camping, pois a espuma pode ficar muito compactada se o colchão ficar fechado por longos períodos. Para poder guardar é necessário abrir a válvula e, começando pela extremidade inferior, ir enrolando bem apertado. Com isso o ar é expulso. Quando chegar ao final basta fechar a válvula para que ele fique bem fininho e enrolado.

   O segundo móvel a ser comentado é a mesa. Como temos uma preferência clara pela marca Quechua, por sua qualidade, não poderíamos escolher outra. Na realidade temos duas mesas.
   Link do produto: Mesa Quechua 4 Bancos

   Uma delas se fecha como uma mala e já inclui 4 banquetas, muito firmes por sinal. Não é necessariamente compacta, mas é uma ótima mesa para 4 pessoas.
   Temos também uma segunda mesa que não dobra o tampo, somente as pernas. Mas cuidado, ela tem uma sequência exata de fechamento das pernas sob pena de danificar irreversivelmente o tampo. Uma das pernas é ligeiramente mais curta e tem o seu ponto de fixação elevado, para se dobrar por cima da outra já dobrada. É bem leve e bem fina quando desmontada.
   Link do produto: Mesa Quechua 4 Pessoas


   As duas mesas têm a mesma altura, e combinadas formam um belo espaço para cozinhar e comer. Ambas as mesas são bem firmes para uso normal, mas nem pense em sentar sobre elas.

   O terceiro móvel que considero super importante é o de cozimento. Novamente optamos pela marca Quechua. Seu tampo superior é feito de várias peças de alumínio. Isso permite que o fogareiro seja utilizado diretamente sobre ele, sem risco de derreter ou queimar o tampo. Uma chapa corta vento se encaixa em pequenos cortes nas placas de alumínio, e facilita bastante cozinhar com vento.
   A parte inferior do móvel é um armário bem generoso, e nele cabe toda a comida que utilizamos para 4 pessoas em um acampamento de 5 dias, e ainda sobra espaço. Possui portas com zíper e janelinhas de tela no fundo: perfeito para manter os insetos longe da sua comida. Desmontado é uma sacola grande, que tem como comprimento a largura total do móvel, mas é relativamente leve se considerado o tamanho dele montado. Possui ainda dois bolsos nas laterais para guardar objetos.
   Link do produto: Móvel de Cozinha Quechua

   Também tem uma série de coisas que não gostamos de deixar no chão, bem como queremos manter fora do alcance dos insetos. Isso se aplica para calçados, roupas, lanternas, repelentes, produtos de higiene e etc. Para isso o Móvel de Arrumação da Quechua é perfeito. É compacto quando dobrado, leve e igualmente bem projetado. Fechado com zíper na frente e tela na traseira, tem ainda um tampo superior que permite se deixar objetos de uso cotidiano. Também tem bolsos nas laterais.
   Link do produto: Móvel de Arrumação Quechua

   Como considero que as banquetas da mesa de cozinha não são muito confortáveis, cadeiras de camping são igualmente importantes num acampamento mais longo. Gostamos muito das cadeiras dobráveis da Quechua, mas na ocasião nenhuma Decathlon de São Paulo tinha em estoque. Felizmente, uma similar, a cadeira Nautika Boni, estava disponível. Por enquanto estamos bem satisfeitos com as cadeiras, pois são bem confortáveis. Podemos ficar horas sentados apreciando a natureza. Este item não está disponível no site da Decathon, mas pode ser encontrado em outras lojas.
   Link do produto: Cadeira Nautika Boni
   A geladeira é um item dos mais importantes num acampamento. Pode ser utilizada para manter alimentos como queijo, presunto e outros frios, bem como bebidas e etc. Caixas de Poliestireno expandido (EPS), conhecido pelo nome comercial "Isopor", são a solução mais acessível, mas existem opções mais avançadas, que dispensam gelo e molhadeira. Já fiz um post falando em detalhes deste equipamento aqui no blog: Refrigerador Termoelétrico
 Link do produto: Refrigerador 35L Mobicool
   Existe também um tipo de móvel que ainda não possuo. Todas as opções parecem ser bem confortáveis. Trata-se do sofá, perfeito para a sessão de cinema no camping.


    Espero que gostem das sugestões.
   Com exceção do sofá, já testamos todos os produtos deste post e estamos bem satisfeitos com eles. Vão nos acompanhar por muitas acampadas ainda.

   Obrigado pela visita e deixem seus comentários.

   Walgran e família.

sábado, 14 de setembro de 2013

Qual a Barraca Ideal?

  Muitos amigos me perguntam sobre qual a barraca ideal. É claro que esta pergunta não tem uma única resposta, pois depende de muitos aspectos:
  • Quantas pessoas?
  • Quantos dias?
  • Qual a expectativa de chuva e vento?
  • Precisa de espaço coberto para preparar alimentos?
  • Qual o meio de transporte? Carro, moto, bike, caminhada, avião, etc.
  • Qual o valor que você consegue pagar?
  • Precisa ser montada e desmontada rapidamente? (em caso de longas trilhas, não dá pra perder horas montando e desmontando uma barraca enorme)
  Estes e possivelmente outros aspectos são muito importantes na tomada de decisão de qual barraca comprar.
  Muitos são clientes cativos de algumas marcas, outros compram por impulso.
  Seja como for, a maioria dos campistas que conheço são apaixonados por suas próprias barracas, já que foram compradas com muito carinho e considerando muitos dos aspectos citados acima.
  Os questionamentos sobre barracas são sempre respondidos com algumas opções, assim vou relacionar abaixo alguns exemplos de uso e também algumas informações sobre como decidi por cada uma das barracas que possuo.
  Por exemplo: Se você vai caminhar mesmo que não muito longe, vai precisar de uma barraca leve e rápida de montar; Se vai viajar de carro e passar muitos dias, pode se dar ao luxo de montar uma barraca grande e complexa, pois ficará bem mais confortável nela; Se vai de avião, não pode levar muito peso, mas pode levar uma um pouco maior do que se fosse a pé.

Caso 1. Acampada rápida com até 4 pessoas.
A minha primeira barraca foi uma "Quechua 2 Seconds T4.1 XXL IIII", sim tudo isso é o nome dela.
A marca Quechua é realmente uma das preferidas aqui pela região. Digo isso porque fora do estado de SP só existe a Decathlon em Curitiba, Londrina e no Rio de Janeiro.
  A característica mais marcante desta barraca é o processo de montagem. Ela não requer que você monte varetas longas e fique passando e arqueando as varetas. Basta soltar a fita que prende o pacote fechado que ela se abre, faltando apenas prender os 4 cantos sobre a lona de chão (footprint) que já vem com ela. Nem mesmo o quarto precisa ser montado, ela já se abre com tudo no lugar. Ela também não é muito alta tem apenas 1,35m o que dificulta a movimentação dentro do quarto bem como trocar de roupas. Apesar do nome, não acredite que você vai armar em dois segundos, na realidade com alguma prática em menos de 10 minutos todos os espeques e tirantes estarão no lugar
  O problema é justamente que ela conflita algumas das perguntas acima, ela não é muito leve, (9,2 Kg) e não é muito compacta (uma grande mochila em forma de disco com quase 1 metro de diâmetro). Isso me deixou um pouco desconfortável pois arrumar ela no porta malas do carro é semelhante a um "saco de siri" como diz meu sogro.
  Independente destes contras, é a barraca predileta para acampadas rápidas para quem curte a marca Quechua. O acabamento (assim como de qualquer Quechua) é primoroso. As costuras duplas e até triplas e seladas são perfeitas. O desenho é muito moderno e muito funcional. Ela possui saias para neve, o que mostra que não é necessariamente ventilada o suficiente para nosso clima.
  Diferente de outras marcas, quando eles dizem que é pra 4 pessoas, realmente cabem 4. Como utilizamos os sacos de dormir "Quechua Slip'n Bed 15", que tem pouco mais de 60cm de largura, o espaço da barraca tem que ser de pelo menos 2,40m e esta barraquinha passou no teste com louvor. Ainda assim resolvemos trocar por uma maior.
Meu primeiro e único acampamento com a Quechua 2 Seconds T4.1 XXL IIII

  Caso 2. Caminhada com pernoite.
  Ainda não realizei este projeto, mas já estou me preparando.
  Pesquisei bastante tempo por barracas pequenas e leves, e é claro que não poderia gastar muito. Comecei avaliando as pequenas iglus, depois as barracas especializadas da Asteq e Trilhas e Rumos, mas são bem caras (podem passar de R$ 1.000,00). Descobri uma opção intermediária, a "Nautika Amazon 3/4" que pode ser encontrada por menos de R$ 260,00 em alguns sites, mas cuidado, porque achei sites vendendo por mais de R$500,00 então pesquise bem antes de comprar.
  A linha Amazon, tem uma impermeabilização pouco melhor do que as barracas mais baratas, mas o seu grande diferencial é o peso de cerca de 2,9Kg (sem embalagem) justamente por ser feita inteiramente de tela mosquiteira nas laterais e topo do habitáculo.
  Podemos notar que a ventilação é extremamente favorecida e em muitos casos se não tiver previsão de chuva, é utilizada assim mesmo, sem o sobreteto, servindo como proteção contra insetos e animais, sem contar que permite visualização de qualquer aproximação através da tela. Ela é auto sustentável ou seja, fica armada mesmo sem espeques e permite que seja movida sem desmontar.
  As varetas são muito boas e a barraca ainda possui duas portas em lados opostos, com janelas de tela mosquiteiro. Suas medidas são de 2,10m x 2,10m x 1.30m de altura, muito maior que as barracas de trilha, que só cabem uma pessoa com mochila, ou duas, se for pra dormir juntinho e com as mochilas pra fora. Nessa dá pra colocar 4 pessoas em sacos de dormir numa boa, mas os meus "Quechua Slip'n Bed 15" só cabem 3. Existe também a opção da Amazon 6/7 que é quase 1m maior e com o dobro do peso.
  Ganhei ela de presente do pessoal da minha empresa e como fiquei ansioso para testar o que caberia dentro dela, arrumei um jeito de tirar a mesa de jantar pra armar ela no meio da sala (apartamento pequeno é dureza!), conseguimos uma maneira de dormir nós 4 dentro dela. Deu vontade de dormir ali mesmo, mas minha esposa queria a mesa de volta no lugar.

  Caso 3. Acampada rápida com a família.
  Para acampar com a família precisávamos de uma barraca pouco maior, mas não muito difícil de montar, precisava também de um avance para uma mesinha para podermos fazer as refeições, seria uma substituta para a "Quechua 2 Seconds T4.1 XXL IIII" (ufa!). Depois de muita pesquisa escolhemos a Zeus da Guepardo. Achei ótimo que eles tenham uma versão de 5 pessoas. Encontrei um preço excelente na Zreu Equipamentos e fui muito bem atendido pelo Rodrigo e sua esposa. O custo benefício é excelente pois custa cerca de R$ 260,00. Desmontada é uma sacola pequena e pesa cerca de 5Kg.
  Levei a barraca pra casa, tirei a mesa de jantar, montei a novidade e, Surpresa!!! a barraca de 5 pessoas não cabem 4!. As medidas externas são de 2,40 entre os extremos do sobreteto, ou seja tem menos de 2,30 internamente e novamente meus 4 "Quechua Slip'n Bed 15" não couberam, além de ser baixa, cerca de 1,35m. Entrei em contato com o Rodrigo e trocamos pela de 6 pessoas.
  Gostaria de saber quais são os critérios para estes números... A Gigante Zeus de 6 pessoas é enorme, devem caber uns 7/8 pelo critério da barraca anterior. Montei na minha sala e... Aí sim!!!... Não coube na sala, encostou nas paredes e faltou um pouco, bateu no lustre e ficou toda apertada, mas coube tudo dentro! Desmontada é uma sacola média e pesa cerca de 7,5Kg, custa R$ 380,00.
  Essa "belezura" tem 2 metros de altura e tive que esticar o braço para prender a lanterna no teto do quarto. O avance tem 2 metros de largura mas não ache que é tudo de área útil, pois com a inclinação do quarto e do sobreteto não sobra tudo isso, cabe uma mesa, mas objetos e sacolas pode ser colocados nos cantos sem problema.
  Tivemos uma super ventania na estréia da Zeus e ela ficou MUITO firme. Nossos amigos Rico, Tih e Edu estavam com suas "Quechua 2 Seconds T4.1 XXL IIII" (caraca! que nome difícil!) e elas estavam quase deitando como nos vídeos da Quechua que mostram as barracas no túnel de vento, foi impressionante, mas todas encararam o vento muito bem. O que mais gostei da Zeus é que ela quase não envergou, as varetas são bem grossas e fortes e tem muitos tirantes para esticar a lona.
  No dia seguinte sem a ventania e com sol ela ficou bem quente, até soltei a ponta do sobreteto pra passar mais ar. Se precisássemos ficar na barraca teria que levantar mais, no entanto isso não foi um problema já que a piscina era o melhor lugar para ficar no calor.

  Caso 4. Acampada "de lei" com vários dias.
  Sonho de campista que toda acampada fosse de pelo menos uma semana. Neste caso temos que ter o conforto que temos em casa. Nada apertado, dois quartos, varanda, sala de estar, cozinha, despensa, armário embutido, garagem para 4 carros. Kkkkkk.
  Nossa escolhida depois de muita pequisa foi a "Quechua T4.2 XL Air". Assim como muitos a dúvida é na hora de escolher entre ela e a "Quechua T6.2". Ambas são bem grandes, a T6.2 é bem larga mas não muito ventilada, tem somente uma entrada e não seria, para mim, a melhor opção para acoplar ao gazebo.
  Esta maravilha é realmente ventilada. Os quartos são altos e tem estas "varandas" com arcos para ventilar e não deixar o sol esquentar, que podem ser fechadas de noite. A sala é alta e tem 6m2, tem janelas com tela, tem dois espaços altos de 1m2  ao lado de cada quarto para deposito de malas e objetos. Tem duas portas sendo que uma delas pode ser esticada como uma varanda. Tem saias de tela ao redor da barraca para evitar a entrada de insetos e favorece a ventilação. Ela também já vem com o piso (footprint) que inclui a sala. Sua porta principal pode ser fechada totalmente ou ficar só com a tela, e tem um bolso para guardar a porta aberta (nada de porta sendo pisoteada e cheia de terra), bem como bolsos para guardar as janelas da sala.
  Além de todos estes fatores que deixaram a T6.2 um pouco desfavorecida, eu queria fazer uma "expansão" da barraca com um gazebo, e as duas portas da T4.2 vieram bem a calhar. Encontrei na Internet uma tela mosquiteira para o gazebo e queria fechar tudo de modo mais hermético possível. 
  Com o gazebo montado bem encostado na parte traseira da barraca, as pontas da tela mosquiteira foram esticadas sobre a barraca e fixadas com a salvadora do camping, "Silver Tape". Uma lona de 5x7m foi esticada com elásticos, cobrindo todo o conjunto e sobrando uma varandinha em toda a volta, que ajudou e reduzir o calor quando sol e os respingos quando chove.
  O acesso é pela porta frontal da barraca e com a porta traseira aberta temos acesso a uma copa/cozinha de 9m2 sem insetos.
  Passamos 5 dias ótimos, os quartos são bem confortáveis e como são separados, são perfeitos para quem tem filhos maiores (os meus tem 12 e 15 anos) que gostam de ficar ouvindo musica e jogando antes de dormir, enquanto nós adultos já estávamos roncando. Quem tem crianças pequenas preferem os quartos juntos da T6.2 e acredito que seja o fator que mais diferencia uma da outra.

  Espero que este post seja útil para quem está tentando escolher uma barraca. Claro que as minhas opiniões podem ser muito diferentes das de muitos campistas, sintam-se às vontade para comentar e discordar.

  Um novo post ajuda a completar estas informações. Veja também em Qual Barraca Ideal II - A Missão

Obrigado pela visita.

Walgran e família.